O cantor maldito!...


Diário

Fausto

Blogosfera

Biblos

Espaço do leitor

Links








"Maldito" Génio
08Mai2007 23:50:00
Publicado por: Fausto

Fausto raramente sobe ao palco - tendo inclusivé surgido um boato de que o músico estaria mesmo para abandonar de vez os espectáculos. Entretanto 2004 é assinalado pela edição de um novo disco - a "Ópera de um cantor maldito" - e por num concerto especial, comemorativo dos 30 anos do 25 de Abril (em Sines, na noite de 24).

Nesta "Ópera..." pode escutar-se, como sempre, um certo eco da   consciência, povoada pelos imaginários que "atormentam" o génio do compositor - refugiado de tudo e de todas as modas.

Quem conhece a obra de Fausto, através de discos marcantes como "Por Este Rio Acima" e "Crónicas da Terra Ardente", vai certamente andar em busca da mesma personalidade controversa, imaginativa e provocadora. Uma militância errante, que sempre deu o norte a uma carreira totalmente assíncrona, no tempo e na estética vigente.

Com este disco, não haverá lugar para desilusão, nem para ilusão. Fausto continua a trilhar o mesmo caminho do seu próprio génio, em que se percebe, paradoxalmente, que gosta de extrair das "épocas" os elementos estéticos que o seduzem, mesmo que discretamente.

Neste mesmo patamar talvez só habitem os Gaiteiros de Lisboa, cuja originalidade afinal respira um pouco deste génio inconformado, errante e ardente. Fausto é, por seu lado, a criação solitária, sempre rodeada de muitos e bons músicos - que servem, no fundo, para viabilizar a sua solidão.

Por tudo isto, ver e ouvir Fausto Bordalo Dias ao vivo é sempre uma espécie de última oportunidade para coabitar neste universo emparedado pela fúria musical das canções simples, de palavra em riste - com a música de raiz tradicional portuguesa, sempre discreta, a respirar algures.

in
www.attambur.com



Partilhar:

Para poder comentar necessita de iniciar sessào.